Como controlar e diminuir o colesterol?

Ter colesterol alto é um perigo para saúde, afinal, pode aumentar o risco de desenvolver doenças específicas que são muito graves, como as que acometem o coração.

Mas, saiba que existem formas de controlar e diminuir o colesterol alto. Confira, aqui, quais são elas e saiba mais sobre essa condição que é muito comum entre os brasileiros.

gordura acumulada nas paredes das artérias colesterol

O que é colesterol?

O colesterol é uma substância produzida pelo fígado a partir de gorduras ingeridas pela alimentação. Ele circula livremente pelo sangue e quanto maior sua concentração, mais elevada a possibilidade de acúmulo na parede de artérias.

Quando esse acúmulo ocorre, ele provoca uma obstrução do fluxo de sangue, provocando doenças graves. Por isso, é essencial manter os níveis de colesterol sempre controlados.

 

Tipos de colesterol

Há dois tipos principais de colesterol, o HDL (High Density Lipoprotein ou lipoproteína de alta densidade) e o LDL (Low Density Lipoprotein ou lipoproteína de baixa densidade).

Curiosamente, um tipo é um colesterol bom, que é importante mantê-lo em níveis altos no sangue. O outro é um colesterol ruim, que deve ser controlado e reduzido ao máximo.

O HDL é o colesterol bom, porque ele auxilia no controle e eliminação do excesso de LDL (colesterol ruim) da parede de vasos sanguíneos. O que o HDL faz é colher o LDL que sobra, levando-o de volta ao fígado para ser corretamente processado e eliminado.

Mas, é importante ressaltar um detalhe: embora seja considerado um colesterol ruim, é essencial ter uma quantidade mínima de LDL no organismo, porque ele participa de processos importantes como a produção de alguns hormônios e da vitamina D.

O problema está justamente no excesso. Por isso é importante sempre realizar exames de rotina, para identificar previamente se há um aumento no nível de LDL e seguir recomendações de seu médico para controlá-lo e reduzi-lo.

 

Sintomas do colesterol alto

O colesterol elevado, também chamado de hipercolesterolemia, é uma doença silenciosa, que não gera sintomas enquanto se desenvolve. O paciente só descobre que tem esse problema quando faz exames de rotina ou quando apresenta alguma doença provocada pelo acúmulo de gordura nas artérias, como as coronárias.

 

O que causa o colesterol alto?

Existem diferentes fatores que podem levar ao aumento do colesterol ruim no sangue. De modo geral, esse problema é provocado por tendências hereditárias e genéticas, bem como pela obesidade e sedentarismo.

Um detalhe que vale a pena ser ressaltado é que 30% do colesterol que temos em nosso organismo é proveniente da alimentação. Por isso, ter um LDL alto está diretamente relacionado a uma alimentação ruim, muito rica em gordura.

 

Como controlar e reduzir o colesterol alto

Quem recebe o diagnóstico de LDL alto normalmente busca dicas de como diminuir o colesterol ruim, assim como de controlá-lo. Este é o seu caso? Então, confira o que pode ser feito:

 

Cuide de sua alimentação

Como dito anteriormente, 30% do colesterol em nosso organismo vem da alimentação. Portanto, se você come muita gordura durante o dia, a tendência é que o colesterol, principalmente o ruim, aumente consideravelmente no sangue.

Por isso, é fundamental cuidar da sua alimentação, adotando uma dieta equilibrada, preferencialmente com itens que reduzem o LDL no organismo e aumentam a quantidade de HDL.

Entre os principais, destaque para os peixes de águas profundas, como a sardinha, bacalhau, atum e truta, que possuem alta concentração de ácidos graxos, que aumentam o colesterol bom no organismo e reduzem o ruim.

Se possível, substitua o óleo tradicional pelo azeite extravirgem, que eleva o HDL e baixa o LDL. Além disso, contribui para a saúde cardiovascular e tem ação anti-inflamatória.

Outra excelente dica é inserir sementes, como chia e linhaça, em suas refeições, porque são ricas em ômega 3, ajudando a prevenir doenças cardiovasculares, além de evitar o acúmulo de colesterol em artérias.

Há, ainda, outros alimentos que são aliados, como a aveia (rica em fibras, ajuda a diminuir o colesterol ruim), oleaginosas (castanhas e nozes), feijão, frutas (sobretudo as com muitas fibras, como ameixa, laranja e pera), soja e chocolate amargo.

Na lista de alimentos que devem ser evitados estão os com açúcar refinado (doces e refrigerantes), frituras (coxinha), carboidratos (pães de farinha branca. Prefira os integrais), industrializados (salgadinhos e comidas congeladas) e embutidos (salames e linguiças).

 

Use suplementos naturais

Os suplementos naturais possuem ativos que possibilitam controlar e baixar o colesterol ruim. Entre os principais destaques para o suplemento de ômega 3, que reduz o LDL naturalmente.

Há, ainda, o Chitosan, que diminui a absorção de gordura pelo organismo, bem como aumenta o nível de colesterol bom, minimizando o risco de entupimento de artérias.

Outra dica de como reduzir o colesterol é o uso de Tribulus Terrestris, que também é um aliado na melhora do humor, estímulo do sistema imune e aumenta a libido, tanto que pode ser utilizado por homens e mulheres.

O que é aromaterapia?

A aromaterapia é uma prática terapêutica realizada com base em aromas de óleos essenciais, com foco no equilíbrio entre corpo e mente, visando à melhora da qualidade de vida, bem-estar e saúde.

Curiosamente, essa alternativa de tratamento ganhou força durante a Segunda Guerra Mundial, quando havia escassez de medicamentos para tratar soldados.

Na época, os médicos utilizaram os óleos essenciais em substituição aos remédios, especificamente no combate de infecções, atingindo resultados surpreendentes.

Desde então, a aromaterapia ganhou adeptos e foi reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como uma técnica complementar de tratamentos médicos realizados com remédios.

Além disso, o governo federal brasileiro incluiu a aromaterapia em sua política de práticas complementares da saúde e a terapia é oferecida gratuitamente no SUS (Sistema Único de Saúde).

 

Como funciona a aromaterapia?

A aromaterapia é feita com óleos essenciais 100% puros e extraídos de partes de plantas, como flores, sementes e folhas. É utilizada para restaurar energias, dar suporte no tratamento de doenças e atingir o equilíbrio entre corpo e mente.

Especialistas indicam que isso é possível ao inalar o aroma dos óleos, porque se ativa o sistema nervoso e o cérebro reage despertando emoções, sobretudo de bem-estar, impactando diretamente no humor.

 

Quais são os benefícios da aromaterapia?

A aromaterapia possibilita combater estresse, ansiedade, depressão, dor, insônia, entre outros problemas físicos e emocionais, de maneira natural, com possibilidade reduzida de reações e efeitos colaterais.

Além disso, é uma terapia alternativa com preço acessível, sobretudo em comparação a tratamentos tradicionais. Mas, é importante reforçar que a aromaterapia não substitui um tratamento com medicamentos, somente funciona como um complemento.

 

Quais são os óleos essenciais?

A lista de óleos essenciais é extensa, abrangendo alternativas para diferentes finalidades. Confira quais são os principais óleos essenciais e para que servem:

 

  • Lavanda: combate a insônia, possibilitando dormir melhor. O óleo de lavanda também elimina o estresse, ansiedade e tensão muscular;
  • Alecrim: o óleo essencial de alecrim melhora o ânimo e aumenta a capacidade de concentração e raciocínio;
  • Eucalipto: utilizado como suporte no tratamento de doenças que atingem o trato respiratório, como gripes e resfriados, porque tem propriedades descongestionantes e expectorantes;
  • Lemongrass: trata-se do óleo essencial de capim-limão, com aroma sutilmente cítrico. Atua na redução da ansiedade, estresse e tensão, além de estimular a criatividade e raciocínio;
  • Melaleuca / tea tree: o óleo essencial de melaleuca / tea tree tem ação bactericida e auxilia no tratamento de inflamações. Por isso, é usado em casos de acne, principalmente como secativo;
  • Menta piperita: óleo com efeito revigorante e energizante, aplicado para eliminar mal-estar e fadiga. É uma opção para melhorar a respiração e dores, como as de cabeça.

 

Como usar os óleos essenciais?

Na aromaterapia, os óleos essenciais são dispersos no ambiente ou aplicados na pele. No primeiro caso, utiliza-se spray ou difusor de óleo essencial para perfumar o espaço e possibilitar a inalação do aroma.

Já no segundo, recomenda-se passar os óleos essenciais diretamente na pele, se forem liberados para isso. Alguns precisam ser diluídos com outros óleos vegetais neutros ou loções, para não irritar a pele.

Quais são os benefícios do SUS? Veja aqui!

O SUS é conhecido como um dos programas do governo desenvolvidos com qualidade, sendo que funciona e consegue atingir uma grande quantidade da parcela brasileira de moradores. 

Isso porque esse modelo de saúde brasileira foi desenvolvido para que brasileiras em torno de todos os cantos do país possam ter assistência médica de qualidade, seja para procedimentos mais complicados, para consultas do dia a dia e demais possibilidades.

Veja aqui quais são os principais benefícios do SUS, como funciona e tudo aquilo que você tem que saber.

Quais são os benefícios do SUS? Veja aqui!

1 – Assistência para todos

O SUS foi desenvolvido para que qualquer pessoa possa usufruir dos benefícios, seja para buscar medicamentos dos quais precisa usar todos os dias, para vacinar seus filhos, para começar procedimentos específicos ou demais tratamentos.

Por meio do cartão SUS, que se faz para usar todos os benefícios ali existentes, o usuário poderá verificar se possui determinadas vacinas, se já fez a retirada de algum remédio no sistema da Farmácia popular, pode remarcar consultas e demais procedimentos simples e rápidos, tudo isso desenvolvido para que a população faça o uso da saúde pública de forma simples e rápida.

2 – Sistema de prevenção

Você sabia que por meio do SUS, é possível ter acesso não somente a demais atendimentos, mas também o uso de procedimentos como pílula anticoncepcional, injeção anticoncepcional, camisinhas, vasectomia, laqueadura e DIU?

Ao querer se prevenir ou até mesmo nunca ter filhos, é possível usufruir de vários benefícios que o SUS oferece, basta ir até o posto público mais rápido de você e começar a usar os mesmos, dessa forma, fica muito mais fácil de se organizar e não obter surpresas do nada.

Nesse caso, é necessário que se vá no postinho e faça a consulta para verificar qual o melhor procedimento para cada caso, não deixe de verificar cada caso em especial, visto que cada corpo é um corpo e pode reagir de diferentes formas.

3 – Samu e assistência rápida

Em caso de acidentes, contusões ou demais processos que não estão previstos, o SUS oferece uma grande quantidade de procedimentos que podem ser executados, como é o caso do Samu ou de atendimentos rápidos. Isso acontece para prevenir a morte e até mesmo pioras ocasionais de acidentes mais comuns.

Assim, as pessoas que estão cadastradas no SUS, ao se depararem com uma situação dessa, já terão demais informações divulgadas no sistema universal da saúde, pronto para atender e utilizar medicamentos rápidos para isso.

4 – Gratuito

Já sabido de todos os brasileiros, porém, vale a pena sempre lembrar que o SUS é totalmente gratuito, disponibilizando saúde para todo e qualquer brasileiro em qualquer canto de nosso país. É importante relembrar que esse é um sistema único no mundo inteiro, em qual demais lugares é cobrado uma grande quantidade de dinheiro para se fazer consultas das mais simples até as mais caras.

Aqui no SUS, o brasileiro possui acesso a cirurgias de mais alto nível, de mais complexidade, até mesmo para atendimento odontológico, tudo de forma gratuita.

É preciso ser bom em matemática para fazer ciências contábeis?

Quem pensa que é preciso ser craque nos números para encarar a faculdade de ciencias contabeis está muito enganado.

Embora o curso contenha em sua grade curricular diversas matérias ligadas ao cálculo, como por exemplo matemática financeira e estatística, a profissão não se resume somente a isso.

Atividades como o controle do fluxo financeiro, análise e operação quanto a recolhimento de taxas e tributos, elaboração de planilhas e acompanhamento orçamentário, de fato, estão presentes no cotidiano do bacharel em ciencias contabeis. Porém, habilidades como negociação, oratória, trabalho em equipe e boa comunicação também são exigidas.

Por isso, antes de bater o martelo na escolha da profissão, é preciso considerar todos os elementos, como por exemplo se você se identifica com o objetivo da atividade, possibilidades de remuneração, ambientes e rotina de trabalho e os conhecimentos necessários para atuação.

Dessa forma, só você poderá identificar se o curso de ciencias contabeis é difícil ou inviável para você.

Após decidir sobre o curso de ciencias contabeis você ainda terá outra escolha pela frente: optar pela modalidade de ciencias contabeis a distancia ou presencial.

E neste sentido, você não precisa se preocupar ao escolher o curso de ciencias contabeis ead. Isso porque, o certificado de conclusão tem a mesma validade que o certificado do curso presencial, pois os cursos de graduação na modalidade a distância são regulamentados pelo Ministério da Educação.

Também é importante lembrar que o fato da faculdade ser a distância, não quer dizer que você vá estudar menos. Os cursos de graduação a distância precisam ter a mesma carga horária e disciplinas básicas que são ofertadas pelo método tradicional. Sendo assim, você terá a mesma qualidade de estudos, com a vantagem de ser a distância.

Tudo sobre ciencias contabeis

Se a graduação ciencias contábeis é a sua opção de curso, parabéns! Esta área de formação tem ampla atuação no mercado de trabalho e ótimas remunerações.

Desse modo, para que você possa conquistar o seu lugar ao sol, basta se dedicar ao máximo durante o curso e cumprir as exigências de estágio.

Caso você ainda não saiba, a carga horária total da faculdade de ciências contábeis é de 3.215 horas, distribuídas em quatro anos, onde  o aluno terá acesso a uma grade curricular completa, que o deixará apto e plenamente capaz para atuar nas mais diversas áreas nas quais a Contabilidade pode contribuir.

Ao iniciar a graduação, os alunos têm acesso a conteúdos relacionados à Filosofia das Ciências Sociais; Prática Textual em Língua Portuguesa; Introdução à Administração; Contabilidade Geral, Sociologia Geral e Empreendedorismo.

No segundo semestre, a grade traz Fundamentos da Economia; Ética e Responsabilidade Profissional; Língua Brasileira de Sinais – Libras; Noções Gerais de Direito; Matemática Financeira e Legislação Empresarial. Na sequência, no terceiro semestre, os alunos aprenderão sobre: Gestão de Pessoas; Gestão do Conhecimento nas Organizações; Comunicação Empresarial; Psicologia das Organizações; Comportamento e Cultura Organizacional e Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais.

As matérias do quarto e quinto semestres são Teoria Avançada da Contabilidade; Métodos e Técnicas de Pesquisa; Contabilidade Empresarial e Societária; Fundamentos de Finanças; Direito Tributário; Educação Ambiental e Cidadania; Estatística Aplicada; Liderança e Formação de Equipes; Análise das Demonstrações Financeiras; Mercados Financeiros; Gestão de Processos em Negócios e Gestão e Controle de Custos.

E quase no fim, os três últimos semestres apresentam Contabilidade de Custos; Gestão de Projetos; Contabilidade Gerencial; Gestão Financeira Estratégica; Controladoria; Perícia Contábil e Arbitragem; Negociação Empresarial; Finanças Corporativas; Gestão de Sistemas de Informação; Avaliação de Empresas (Valuation); Planejamento e Administração Tributária; Tópicos Especiais em Ciências Contábeis; Contabilidade Avançada; Planejamento Estratégico; Auditoria e Contabilidade Internacional.

 

Melhores faculdades de ciencias contabeis

Para escolher com segurança a melhor faculdade de ciencias contabeis, você deve se preocupar, em primeiro lugar, com os conceitos e avaliações feitos pelo Ministério da Educação.

A partir daí, o ideal é que você leve em consideração também os benefícios oferecidos pela instituição, como por exemplo, a flexibilidade no prazo de duração do curso, oferta de materiais didáticos impressos aliados ao ensino online e método do sistema de avaliação.

Tudo isso, é claro, deve estar disponível em mensalidades que cabem no seu bolso, proporcionando ainda uma rotina ajustável ao seu dia a dia.

Mercado de trabalho para formados em gestão da tecnologia da informação

A gestão da tecnologia da informação está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas e das organizações. Um profissional que se forma em um curso de tecnologia da informação tem várias opções de carreira para seguir, e além da diversidade, a remuneração também pode ser considerada um atrativo para ingressar na área de tecnologia da informação e comunicação.

tecnologia da informação

Ao cursar tecnologia da informação faculdade você aprenderá conteúdos de Introdução à Computação, Estrutura de Dados, Arquitetura e Organização de Computadores, Algoritmos e Programação, Engenharia de Software, Gestão da Segurança da Informação, Comunicação Empresarial, Gestão de Governança em TI, Gestão de Pessoas, Lógica de Programação, Infraestrutura de TI, Gerenciamento de Banco de Dados, Gestão da Tecnologia da Informação, Gestão de Serviços em TI, Tecnologia Web, Segurança e Auditoria de Sistemas, Sistemas Inteligentes e uma série de outras matérias necessárias para obter sucesso no mercado de trabalho nesta área.

Para se destacar no mercado de trabalho de gestão da tecnologia da informação é preciso ter um perfil comunicativo para construir um bom relacionamento interpessoal, tanto com a equipe de colaboradores quanto com os clientes e fornecedores da sua empresa. A comunicação é muito importante para realização de apresentações, reuniões, e com certeza impactará no resultado final do atingimento dos objetivos da organização.

É necessário também que o profissional de TI esteja em constante atualização, sempre atento às novidades e seja proativo na resolução de problemas. A criatividade é outra característica que diferencia os excelentes profissionais que conseguem ter uma visão de diferentes métodos, metodologias e soluções na área de gestão de tecnologia da informação.

 

Gestão de TI: áreas e cargos

Já quando falamos sobre opções de carreira no mercado de trabalho de tecnologia da informação, podemos citar os cargos de assistente em qualidade e segurança de informação; analista de TI; gestor de tecnologia de informação; gerente de projetos de sistemas de informação; desenvolvedor; webdesigner e consultor em sistemas de informação.

O mercado de trabalho, tanto no Brasil como no resto do mundo está bem aquecido. Todos os anos são abertas mais de 100 mil vagas para profissionais da área de informática, e um montante substancial deste quantitativo não é preenchido pela falta de mão de obra realmente capacitada.

De acordo com pesquisas realizadas recentemente, os salários para quem segue carreira em gestão da tecnologia informação são bastante atrativos. Não existe um conselho regional ou federal que regulamenta a profissão, mas há convenções coletivas estabelecem que o piso do Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação no Brasil em torno de R$ 4,1 mil para uma jornada de trabalho de 42 horas por semana. Mas, é importante ficar atento, pois dependendo da região estes valores podem ser alterados.

Por fim, a média salarial dos profissionais com faculdade tecnologia da informação é de R$ 3.500 a R$ 5.000 para o cargo de Analista de Tecnologia da Informação. De R$ 5.000 a R$ 8.000 na função de Coordenador de Sistemas de TI. E de R$ 5.000 a R$ 12.000 para Gerente de Projetos em Tecnologia da Informação.

Como saber se estou com a imunidade baixa?

A imunidade é um conjunto de mecanismos do organismo humano capaz de defendê-lo de agentes patogênicos, como vírus, bactérias e fungos. O grande problema é que esse sistema imunológico nem sempre é estável, podendo apresentar quedas.

Quando a baixa imunidade ocorre, o organismo se torna suscetível a doenças, sobretudo as causadas por micro-organismos. Por isso, é essencial saber quando o sistema imunológico está fragilizado, para reforçá-lo e evitar enfermidades.

Mas, como saber se a imunidade está baixa? A seguir, listamos os sinais que o organismo dá que indicam isso, além de dicas sobre como aumentar a imunidade. Acompanhe!

Sinais de imunidade baixa

Quando o sistema imunológico está fragilizado, ele passa por mudanças, ainda que sutis, que indicam esse problema. Abaixo, listamos as mais frequentes e que podem servir de alerta:

Aftas

Um dos primeiros sinais (e o mais típico e frequente) de imunidade baixa é o surgimento de aftas na boca e/ou língua. Trata-se de pequenas lesões com bordas avermelhadas e membrana branca ou amarelada. São doloridas e somem em cerca de uma semana.

Problemas intestinais

Problemas como diarreia e constipação são comuns quando a imunidade está baixa. Mas somente quando acontecem de forma frequente, por cerca de duas semanas. Episódios esporádicos não estão associados à baixa imunidade.

Cansaço e fraqueza

Quadros contínuos de cansaço e fraqueza também são sinônimos de imunidade baixa, principalmente quando a fadiga persiste mesmo depois de descansar ou dormir um período considerado ideal.

Constante adoecimento

Quem está com a imunidade fragilizada adoece mais vezes durante o mês ou ano, porque essa pessoa está mais suscetível a agentes patogênicos. Entre as enfermidades mais recorrentes estão a estomatite, amidalite, artrose e episódios de candidíase.

Feridas na pele

A pele é a primeira barreira que agentes patogênicos enfrentam ao tentar entrar no corpo. Se a imunidade estiver prejudicada, essa barreira não será tão eficiente e apresentará pequenos problemas, como feridas.

Queda de cabelo

O organismo pode ter reações específicas a um sistema imunológico comprometido. Uma delas é o ataque aos folículos pilosos, provocando a queda de cabelo, que pode ser temporária (na maioria dos casos) ou definitiva.

Como aumentar a imunidade

Identificou um ou mais desses sinais e quer saber como aumentar a imunidade? Curiosamente, há medidas fáceis de serem adotadas e que entregam excelentes resultados, como as indicadas a seguir:

Descanse melhor

O descanso é essencial porque durante esse período o organismo produz células de defesa do sistema imunológico. Portanto, procure descansar melhor, o que envolve dormir entre 6 a 8 horas por noite.

Fuja do estresse

O estresse faz com que o organismo produza substâncias capazes de baixar a imunidade naturalmente. Por isso, recomenda-se evitá-lo ao máximo, o que pode ser feito com a prática de ioga, meditação, atividades de lazer, entre outras.

Alimente-se bem

O organismo, inclusive o sistema imunológico, precisa de nutrientes para ficar fortalecido. Logo, é essencial se alimentar melhor, priorizando itens com vitaminas, minerais e fibras.

Caso não consiga realizar regularmente refeições ricas em nutrientes, uma dica eficaz de como melhorar a imunidade é investir na suplementação alimentar e em produtos específicos para reforçá-la.

Como criar uma loja virtual?

Com a mudança do comportamento do consumidor, que migrou, em sua maioria, para a compra online, investir em um e-commerce se tornou um grande negócio. Mas, afinal, como criar uma loja virtual?

como criar uma loja virtual

Neste post, separamos dicas preciosas para facilitar a criação da sua, abrangendo detalhes que não devem ser esquecidos. Confira o que deve ser feito para conquistar um excelente resultado.

 

Dicas para criar loja virtual

O processo de criação da loja virtual envolve diferentes etapas que todo empreendedor deve seguir para aumentar a chance de sucesso de seu negócio. Abaixo, listamos quais são elas:

 

Defina os produtos comercializados

Estabeleça previamente qual o tipo de produto de sua loja virtual. Há a possibilidade de comercializar desde alimentos até eletrônicos, entre outros itens. Sempre considere seu orçamento, para saber se consegue comprar esses produtos e formar um estoque sem se endividar.

Mas, como definir os produtos ideais? Invista em pesquisas de mercado (verifique o que seus concorrentes oferecem e o que falta na loja deles que a sua pode vender) ou num nicho, que geralmente costuma atrair clientes fiéis.

 

Tenha um plano de negócios

Essencialmente, um plano de negócios é um documento que estabelece os objetivos da empresa e os passos a serem seguidos para atingi-los. Ele funciona como um guia que ajuda a reduzir riscos, além de profissionalizar o negócio e possibilitar acesso a linhas de crédito.

 

Escolha sua plataforma de venda

Existem duas opções para criação de seu e-commerce: investir numa loja virtual própria ou uma dentro de um marketplace. E quais seriam as diferenças entre ambas as alternativas?

Na loja própria, é preciso investir em layout, integração com formas de pagamento e escolher modalidades de entrega. Já no marketplace tudo isso é oferecido, basta cadastrar seus produtos e aguardar a venda.

Um ponto importante a ser ressaltado sobre o marketplace é que ao utilizar essa alternativa é preciso pagar uma comissão ao site por cada venda realizada.

 

Estude a logística e seus concorrentes

É essencial investir num estudo de logística, para encontrar soluções de entrega otimizadas e com preços mais atrativos aos clientes, para evitar que desistam da compra devido ao valor cobrado para receber o produto.

Além disso, estude seus concorrentes para saber a média de preço praticada e ações realizadas. Dessa forma, será possível identificar o que dá certo e eventuais falhas que sua loja virtual pode suprir para atrair clientes.

 

Invista em marketing digital

Não abra mão de investir no marketing digital, que é uma estratégia voltada a atrair tráfego e clientes para seu negócio. Um bom trabalho de marketing online envolve elaborar descrições otimizadas de produtos para ranquear sua loja virtual e páginas em buscadores como o Google, além da criação de conteúdo relevante encaminhado a seus clientes, gestão de redes sociais e investimento em anúncios, como no Google Ads.

Como contempla ações em diferentes frentes, é interessante contar com o apoio de uma agência digital especialista em marketing online para realizar esse trabalho com assertividade e garantir resultados expressivos em curto, médio e longo prazo para seu e-commerce.

Curso de Ciências Contábeis tem estágio?

Se você está pensando em iniciar um curso de contabilidade a distância ou presencial, saiba que o estágio fará parte da sua trajetória de aprendizagem. Na faculdade de ciências contábeis EAD, por exemplo, é possível ver na grade curricular que o estágio supervisionado aparece nos últimos semestres do curso. Isso acontece, porque a essa altura, você já aprendeu vários conceitos e teorias importantes para a profissão e está mais bem preparado para enfrentar o cotidiano de trabalho, mesmo que ainda seja com supervisão.

curso de ciências contábeis a distância

O estágio é importante tanto para o curso de contabilidade a distância quanto para todos os outros. Ele permite que o aluno coloque em prática tudo que aprendeu e simule como será o seu dia a dia de trabalho. E o mais importante é que ele não estará sozinho, durante o estágio haverá um supervisor para mostrar o melhor caminho para a realização das atividades. Afinal, o estágio ainda é uma etapa de aprendizado e é assim que você precisa encará-lo.

Mas, não há motivos para iniciar uma faculdade de ciências contábeis EAD já com medo do estágio. Quando chegar a essa etapa você estará bem preparado para enfrentá-la. Então, não o encare como uma obrigação, mais sim como algo que vai te deixar mais bem preparado para enfrentar o mercado de trabalho depois de formado. Aliás, durante o estágio é importante fazer alguns contatos profissionais e se mostrar interessado e empenhado. Afinal, há chances de você ser contratado pelo mesmo local em que realizou o estágio.

Pode ser que a faculdade de ciências contábeis EAD ofereça uma listagem de instituições parceiras em que você pode se candidatar ao estágio ou deixe essa escolha em aberto para a sua pesquisa. O importante é escolher um local em que possa desempenhar as funções da área do seu interesse e que seja próximo a sua residência para não perder o tempo de estudo com grandes trechos de deslocamento. O tempo de estágio exigido pela instituição costuma ser de 150 horas, é um tempo considerável para aprender e absorver o máximo possível de conhecimento.

Então, agora você já pode iniciar o curso de contabilidade a distância sem medo, pois já conhece os detalhes sobre o estágio supervisionado. Aliás, a faculdade de ciências contábeis EAD é a sua melhor opção porque consegue oferecer a mesma qualidade de ensino da presencial, mas com algumas vantagens. Entre os principais benefícios estão: o acesso a mensalidades mais baixas, facilidade de estudar quando e onde quiser e só depender do seu ritmo de aprendizagem.

As mensalidades do curso de contabilidade a distância são mais baixas, porque uma faculdade EAD não precisa manter grandes estruturas físicas para receber milhares de alunos diariamente. Consequentemente, não possui as despesas desta estrutura e pode repassar essa economia para os seus alunos mensalmente. O valor da mensalidade tende a ser 50% menor do que a de um curso presencial. Além disso, é importante que o aluno possa escolher o melhor horário para estudar, aquele em que ele rende mais, assim terá melhores resultados ao final do curso.

Como hackear jogos no Android sem root – Tutorial no GameCIH:

Para Android existem milhares e milhares de jogos. Embora a maioria deles são grátis, quase todos incluem compras “in-app”, que nos fazem gastar dinheiro real por itens ou vantagens no jogo que todos desejamos. Daí que muitos usuários procuram as maneiras de hackear os jogos Android para não ter que pagar nada e assim avançar no jogo de forma mais rápida e fácil, principalmente adquirindo moedas infinitas para aquisição de novos recursos ou pular de fases mais rapidamente.

Se você estiver interessado em aprender a hackear jogos para Android, não perca os 3 métodos que apresentamos em seguida. Isso sim, estes métodos não funcionam para hackear jogos online ou em que é necessário estar conectado a Internet continuamente.Todos os métodos que aqui vamos lhe ensinar exigem um dispositivo Android rooteado.

Uma vez que você tenha acesso root em seu Android, você pode modificar os dados dos jogos com a ajuda de aplicativos que de seguida apresentamos.

Se você estava procurando formas de hackear jogos para Android, mas sem ser root, recomendamos acessar o seguinte link e conhecer 4 maneiras de fazer batota em qualquer jogo Android.

GameCIH: o melhor app para hackear jogos no Android

GameCIH é a ferramenta que permite modificar as variáveis de quase todos os jogos Android, tais como moedas, saúde, vidas, pontos, poderes e mais. A app não hacks, por si só, você tem que guiá-la, pois utiliza um método de corte de tentativa e erro. Dependendo do jogo poderá ter técnicas diferenciadas do próprio jogo, como por exemplo Candy Crush que oferece moedas infinitas.

Tomemos como exemplo que queremos cortar as moedas de um jogo com GameCIH. Para isso, devemos seguir os seguintes passos:

  • Abra a aplicação GameCIH e escolha um botão que servirá como atalho (HotKey). Com esse botão você pode abrir GameCIH enquanto se executa o jogo para hackear.
  • Minimiza GameCIH, voltando à tela principal do seu Android.
  • Agora abra o jogo que você quer hackear e anote quantas moedas você tem.
  • Pressione o botão de atalho para que ele abra GameCIH.
  • Selecione Input Number e introduz a quantidade de moedas que apontou anteriormente.
  • Volte ao jogo e faça com que a quantidade de moedas que você mude, seja gastándolas ou ganhando novas moedas. Anote a nova quantidade.
  • Volte a abrir GameCIH e introduza o novo número de moedas que você tem.

Agora GameCIH te mostrar apenas uma opção para modificar, a qual será a das moedas. Lá você poderá escrever a quantidade de moedas que você quer ou pressionar o botão do cadeado para ter moedas infinitas. Mas é um pouco tedioso, com esse método você pode cortar qualquer jogo Android que não seja online.

Como hackear aplicativos? É mais fácil do que você imagina…

Vivemos em um mundo pessoal e móvel, onde mais de 1,5 bilhão de novos telefones celulares embarcam a cada ano. As empresas que estão se adaptando de forma mais eficiente à “economia app” de hoje são as mais bem sucedidas em aprofundar o engajamento dos clientes e impulsionar novas receitas neste mundo em constante mudança. Onde abundam oportunidades de negócios, abundam oportunidades para” Black hats ” que conduzem atividades ilícitas e maliciosas.

Hacking de aplicativos móveis está se tornando mais fácil e mais rápido do que nunca. Vamos explorar porquê.:

  • É rápido: a pesquisa da indústria descobriu que em 84 por cento dos casos, o compromisso inicial levou “apenas minutos” para ser concluído.
  • É relativamente fácil: existem ferramentas automatizadas prontamente disponíveis no mercado para apoiar hacking, e muitas delas estão disponíveis gratuitamente!

Os aplicativos móveis são “frutas de baixa suspensão”: em contraste com ambientes Web centralizados, os aplicativos móveis vivem” na natureza”, em um ecossistema distribuído, fragmentado e não regulamentado de dispositivos móveis. Código binário desprotegido em aplicativos móveis pode ser acessado diretamente, examinado, modificado e explorado por atacantes.

Os Hackers estão cada vez mais apontando para alvos de código binário para lançar ataques em aplicações móveis de alto valor em todas as plataformas. Para aqueles de vocês que podem não ser familiares, código binário é o código que as máquinas lêem para executar uma aplicação — é o que você descarrega quando acessar aplicativos móveis de uma loja de aplicativos como o Google Play.

Vulnerabilidades de base binária exploráveis

Hackers bem equipados procuram explorar duas categorias de vulnerabilidades baseadas em binários para comprometer aplicativos:

Alteração de código ou injecção de código:

Esta é a primeira categoria de façanhas de vulnerabilidade baseadas em binários, em que hackers realizam modificações de código não autorizadas ou Inserir código malicioso em binários de uma aplicação. Os cenários de alteração de código ou de injeção de código podem incluir::

Um hacker ou utilizador hostil, modificando o binário para mudar o seu comportamento. Por exemplo, desativar controles de segurança, contornar as regras do negócio, restrições de licenciamento, requisitos de compra ou exibições de anúncios no aplicativo móvel — e potencialmente distribuí-lo como um patch, crack ou mesmo como uma nova aplicação.

Um hacker injetando código malicioso no binário, e então ou reembalando os aplicativos móveis e publicando-o como um novo aplicativo (supostamente legítimo), distribuído sob a aparência de um patch ou uma rachadura, ou sub-repticiamente (re)instalando-o em um dispositivo de usuário insuspeito.

Engenharia reversa ou análise de códigos:

Esta é a segunda categoria de vulnerabilidades Binárias exploráveis, em que binários móveis podem ser analisados estática e dinamicamente. Usando a inteligência recolhida a partir de ferramentas de análise de código e atividades, os binários podem ser engenharia reversa e código valioso (incluindo Código Fonte), dados sensíveis, ou IP proprietário podem ser retirados da aplicação e reutilizados ou re-embalados. Os cenários de ameaça podem incluir a engenharia reversa ou a análise de códigos:

Um hacker analisando ou invertendo a engenharia binária, e identificando ou expondo informações sensíveis (chaves, credenciais, dados) ou vulnerabilidades e falhas para uma exploração mais ampla.

Um hacker levantando ou expondo propriedade intelectual proprietária fora do binário de aplicação para desenvolver aplicações falsas.

Um hacker reutilizando e “copy-catting” uma aplicação, e submetendo-a a uma app store sob sua própria marca (como uma cópia quase idêntica da aplicação legítima).

Você pode ver exemplos desses hacks “trazidos à vida” no YouTube e um resumo das façanhas Binárias é fornecido em nosso gráfico abaixo.

Quer a sua organização licencie aplicativos móveis ou amplie a sua experiência com o cliente para a tecnologia móvel, a norma é que os hackers são capazes de invadir, infectar e/ou falsificar os seus aplicativos móveis